Click to Zoom
Detector de fugas de gás via rádio. Sensível a gás natural,, metano, propano, butano, GPL, entre outros. Incorpora uma sirene interna e uma saída a relé para controlo externo de válvulas ou outros dispositivos. Sistema de autodiagnóstico e comunicação com a Central de Alarme. Atenção este detector necessita de alimentação permanente a 230 V.

ESPECIFICAÇÕES
- Sensibilidade (concentração):
* Metano: 1º nível - 10 ± 3% NEM (0.50% vol) / 2º nível - 18 ± 3% NEM (0.80% vol)
* Propano: 1º nível - 18 ± 3% NEM (0.30% vol) / 2º nível - 30 ± 3% NEM (0.50% vol)
* Iso-butano: 1º nível - 23 ± 3 % NEM (0.30% vol) / 2º nível- 40 ± 3 % NEM (0.50% vol)
NEM = Nível de explosão mínimo (100%) em conformidade com IEC 60079-20-1:para Metano é 4.4% da concentração para Propano 1.7% de concentração, para o iso-butano 1.3% do volume, calibrado na produção do iso-butano

- Alimentação eléctrica: 230 V / 50 Hz consumo aprox. 2 W, protecção classe II
- Sirene: 94 db / 0.3 m
- Saída de relé: resposta opcional ao 1º ou 2º níveis
- Capacidade de corte: máx.230 V / 5 A
- Temperatura de operação: -10°C a +40°C
- Humidade relativa: 25 a 75%
- Armazenamento: -20°C a +50°C
- Tempo de estabilização: 90 s
- Response time: max. 10 s
- Método de detacção: combustão catalítica
- Frequência de trabalho: 433.92 MHz
- Distância de comunicação: 50m, espaço aberto
- Condições de operação: CTO VO-R/10/09.2010-11
- Protecção: IP 30 (EN 60 529)
- Vida útil: min. 5 anos
- Em conformidade com: EN 50194-1, IEC 60079-29-1, IEC 50130-4, EN 55022, ETSI EN 300220, EN 60950-1
- Desenhado para áreas não explosivas - Zone 2: EN 60079-10
- Certiificação VVUÚ através do corpo de certificação No 3076
- Desenhado para trabalhar a pressões atmosféricas normais entre 86 a 106 kPa
Nota: não adaptado para Hidrogénio